OS ÁLBUNS DE RAP QUE QUERO OUVIR EM 2019

Por Henrique Bastos


Estudante de Engenharia da Computação (UEFS) 
Gosta de discutir artes quase sempre


Como vocês escutam música?  Eu sei que comprar mídias físicas como CD ou vinil “é coisa do passado”, mas o que questiono é: preferem montar uma playlist ou ouvir um álbum inteiro? Hoje em dia existe a liberdade de montar o seu próprio álbum do jeito que você quer, com a duração que você quiser, com os artistas que você quer, e isso é muito bom, mas ainda gosto muito de ouvir álbuns completos lançados. Primeiro porque existem artistas que enxergam o álbum como um ideia só,  tipo To Pimp a Butterfly de Kendrick Lamar, ou Regina do Nill. Outro motivo é que a música pode ter significados diferentes. Por exemplo você provavelmente já ouviu Hey Ya! do OutKast (Inclusive escutem OutKast. Escrevendo esse texto voltei pra escutar o álbum de novo). Solta é uma música legal, do álbum (The Love Below), e representa o início do fim do relacionamento que o André 3000 pediu a Deus (Literalmente. Tem uma faixa com o nome God que é uma oração pedindo uma namorada). Mas, é claro, que eu escuto músicas soltas e faço playlists. Porém, acredito que os álbuns possuem esse valor especial.

Esse parágrafo é pra justificar o ‘eu esperar álbuns’ em 2019, a maioria aqui nem foi anunciado nem nada, entretanto acredito que vão acontecer. Alguns são de artistas consagrados, outros são de uma galera nova que eu quero, justamente, ver sustentando uma ideia em um álbum inteiro. Enfim, vamos aos álbuns.

BLACK ALIEN COM PRODUÇÃO DO PAPATINHO

Eu já falei do mestre Gustavo em outro texto e ele finalmente vai voltar a fazer um álbum e dessa vez com um produtor da nova escola (acabei de inventar isso, Cone Crew é nova escola?). Se você não sabe, ele é responsável pelo sample da Nina Simone, em Chama os Mulekes do Cone Crew Diretoria. O flow do Black Alien com um beat nesse estilo, quero muito ouvir isso!

A VEZ DAS MINAS
Uma pausa pra falar sobre um dos melhores momentos do Feira Noise (Festival de música de Feira de Santana). Eu, como fã de Drik Barbosa, aguardei ansiosamente pra poder tirar uma foto com ela, mas, então que el pede pra mim e para as outras pessoas, que estavam esperando pra tirar uma foto, aguardarem um pouco mais. A justificativa: “Eu tenho que ouvir mais desse show”. Drik ainda subiu no palco pra cantar com as meninas. Sério, me arrepio só de lembrar desse momento. Elas já lançaram um single (Luxo e Muito Ouro), mas eu quero um álbum, algo para solidificar o nome delas, enfim, eu acho que sai. Até já pensei em escrever um texto só sobre MCs femininas, tipo Yzálu, e LGBTs, tipo Quebrada Queer, o que vocês acham?).

CESAR MC
O MC que não sorri. Campeão nacional de 2017 da Liga dos MCs, César tem dois singles lançados pela Pineapple e o único defeito que eu encontrei nesse rapaz foi torcer pro Flamengo (risos). Espero que ele não fique preso a poesia acústica e consiga lançar um álbum. Quero muito vê-lo rimando sobre uma ideia em 10-12 faixas.

RINCON SAPIÊNCIA
Rincon é um dos melhores MCs do Brasil, mas não lançou nenhum álbum em 2018. Ele não parece ser competitivo e ficou atrás de muita gente por causa disso. Mas nada o impede de voltar em 2019. Ele lançou singles muito bons como Mete Dança e Afro Rep. Assim, talvez, um álbum novo com essas novas ideias mostradas nos singles, pode dar muito certo.

CHILDISH GAMBINO
Você provavelmente conhece o Childish de This is America. Depois do  clipe de Fells Like Summer foi especulada a aposentadoria de Childish Gambino (acho que só do alter ego, Donald Glover não vai parar de fazer dinheiro com música, né?). Acredito que ele faça um álbum de despedida, seja solo ou com o Chance the Rapper, outro cara que não lança um álbum faz um tempo.


OS ÁLBUNS DE RAP QUE QUERO OUVIR EM 2019 OS ÁLBUNS DE RAP QUE QUERO OUVIR EM 2019 Reviewed by Rede Idea Chek on janeiro 18, 2019 Rating: 5