BOLSONARO, PARA QUEM VÃO OS OSSOS?

Por Iago Gomes
Graduação em Letras pela UEFS
Ativista LGBT, Antirracista e Anticapitalista
Redator do Blog Idea Chek e Produtor e Divulgador de Conteúdo.



Curto e grosso como não costumo ser nos meus textos em colunas jornalísticas e políticas, mas uma necessidade urgente de demonstrar menor grau de intelectualismo enfadonho. Afinal, no Brasil da Reforma da Previdência com aposentadoria da morte, com pacote anticrime que não combate a raiz do crime, com escândalos de corrupção e outros desvios políticos-morais, com ministros debandando e outras criando a maior zona com comentários absurdos, a carne de quem trabalha tem sido consumida por churrasqueiros do planalto com direito a molho de laranja. A pergunta que precisa ser respondida pelo presidente dessa zona que chamam de país é: PARA QUEM VÃO OS OSSOS?

“Bolsonaro é um louco e um perigo para a nação brasileira” - palavras de um esquerdopata? De um comunista? Não! Palavras do presidente do PSL, partido do então carguista. A esculhambação política não começou com Bebiano e nem vai terminar. É um governo dos desastres, do teto de vidro e daquele churrascão com a família que sempre termina em briga quando a carne começa a esfriar e a cerveja a esquentar. A impressão que fica é que o governo não se manterá, mas não acredito que a análise política da situação é tão fácil assim, ao contrário identifico uma continuidade da crise política que o país enfrenta desde 2014, quando o Impeachment de Dilma se concretizou e a Elite brasileira tenta de todas as formas dar ordem na casa patriótica, use quem usar contanto que o aparelho de sustentação econômica se mantenha da mesma forma. O presidente da república é uma peça descartável no tabuleiro, quem manda no jogo não aparece. Paulo Guedes articulou a Reforma da Previdência, e se não saiu ainda é consequência dos embates de bastidores e das melhores estratégias para inibir a revolta popular. E é o que justamente precisamos: REVOLTA POPULAR!

Por bem menos nos revoltamos em peso, e já vejo motivos suficientes para encamparmos a construção de um projeto de origem popular, que saia de nós e que radicalize contra projetos que querem explorar nossa força e nos enterrar vivos. Vocês já pensaram o absurdo que é uma professora necessitar de 40 anos de serviços em sala de aula para conseguir uma aposentadoria? Bolsonaro não é professor e por isso ossos são jogados e de doutrinadores somos julgados. A bolsa de cristal não é a melhor ferramenta para análises políticas, mas se eu tivesse que apostar eu usaria o velho ditado de que “quem planta tomate, colhe tomate”, e eu espero que a história cobre, porque afinal os ossos que estão sendo jogados para nós (não esquerda, mas toda a população trabalhadora do país) sobrarão para o presidente e seus filhos fazerem uma bela de uma sopa.



BOLSONARO, PARA QUEM VÃO OS OSSOS? BOLSONARO, PARA QUEM VÃO OS OSSOS? Reviewed by Rede Idea Chek on fevereiro 19, 2019 Rating: 5